Novidades

Introdução de anúncios com conteúdo político no Brasil

Mais transparência para anúncios

Compartilhe

Mais transparência para anúncios

É mais fácil para as pessoas avaliarem anúncios relacionados a política, incluindo propaganda eleitoral, se souberem a origem da mensagem. Por isso, o Facebook lançou vários produtos que foram desenvolvidos para oferecer mais transparência sobre os anúncios para as pessoas. No Brasil, os anunciantes poderão incluir os avisos exigidos pelas leis aplicáveis à propaganda eleitoral em redes sociais. Esses recursos permitem que as pessoas encontrem com facilidade informações importantes sobre o anúncio que estão vendo, como, por exemplo, quem pagou por ele.

Essas atualizações têm três partes:

  1. AUTORIZAÇÕES
  2. RÓTULOS
  3. A BIBLIOTECA DE ANÚNCIOS

 

Confirmação de identidade e autorizações

No Brasil, o processo de autorização para a inclusão do rótulo para anúncios políticos e eleitorais está disponível desde o dia 31 de julho. Os rótulos e a Biblioteca de Anúncios serão lançados no dia 16 de agosto. Para obter a autorização para inclusão do rótulo, os administradores de Páginas e anunciantes e deverão acessar o facebook.com/id e seguir estas etapas:

  1. Ativar a autenticação de dois fatores;
  2. Confirmar a identidade enviando uma foto do passaporte brasileiro (recomendável) ou a cédula de identidade nacional (RG) ou a carteira de habilitação brasileira e o número do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas);
  3. Confirmar sua localização (pod ser necessário o envio do endereço residencial);
  4. Vincular pelo menos uma conta de anúncios para usar o rótulo “Propaganda eleitoral”, o que requer também a indicação do CPF/CNPJ e do nome da pessoa ou organização que está pagando pelo anúncio; ou o rótulo “Pago por”, que requer apenas a indicação da pessoa ou organização que está pagando pelo anúncio.
Um administrador autorizado de uma Página pode vincular uma conta de anúncios à Página, fornecendo um dos seguintes rótulos:
  • “Propaganda Eleitoral,” que exige um CPF/CNPJ e o nome da pessoa ou organização que paga pelo anúncio.

  • “Pago por”, o que não exige um CPF/CNPJ.

 

Primeiros passos

 

Rótulos

Os anunciantes são responsáveis por identificar os anúncios relacionados a política durante o seu processo de criação. Após passar pelo processo de autorização com sucesso, uma caixa de seleção será exibida no Gerenciador de Anúncios para que o anunciante possa aplicar o rótulo criado.

Duas condições devem ser atendidas para que esta caixa de seleção seja exibida:

  1. A pessoa que estiver criando ou editando o anúncio deve ter a identidade confirmada pelo processo de autorização
  2. A Página/conta de anúncios em questão deve ter um aviso legal aprovado como "Propaganda Eleitoral" ou "Pago por"

 

A Biblioteca de anúncios

Também estamos criando uma biblioteca de anúncios para campanhas relacionadas a política. Essa Biblioteca é pesquisável e mostra todos os anúncios identificados por anunciantes como anúncios com conteúdo político (incluindo propaganda eleitoral) no Brasil. Os anúncios começarão a ser exibidos neste espaço em 16 de agosto de 2018, e ficarão disponíveis por sete anos.

 

Fonte: Facebook

Voltar